sábado, 11 de janeiro de 2014

Em 1979 governo brasileiro vetou a Copa do Mundo


Está na rede um depoimento de Paulo, filho do presidente general João Baptista Figueiredo, contando o encontro de seu pai com João Havelange, em 1979.
O então presidente da Fifa queria trazer a Copa de 1986 para o Brasil
À época os interessados falavam numa despesa de US$ 500 milhões.
O general sabia que a conta não ficaria por menos de US$ 1 bilhão, quantia equivalente a US$ 3,2 bilhões em dinheiro de hoje.
Pode-se não gostar de Figueiredo, mas ninguém podia tirar de sua biografia o fato de ter assinado a anistia.
Agora pode-se acrescentar que não assinou o cheque da Copa.
A Copa de Lula custará R$ 28 bilhões, ou US$ 12,1 bilhões. (Elio Gaspari)

4 comentários:

Anônimo disse...

Ok. Vetou a Copa. E resolveu os principais problemas?

Anônimo disse...

Figueiredo era um homem sério e pegou o país num enorme rabo de foguete, não foi pela saída mais fácil, fez o que tinha de ser feito. Já Lula e sua terrorista foram premiados com a maior janela de oportunidade que o país já teve, por uma economia completamente reorganizada pelo FHC, e tudo que fizeram foi populismo e falsas soluções para problemas persistentes. Pobre atribui a essa escória aquilo de bom que outros fizeram, inclusive os chineses, que inundaram o mundo com produtos baratos, os pobres acham que compram carro ou badulaques porque ficaram ricos sem se dar conta do quanto a economia atual é produtiva e corta custos em bens de consumo.

Seus cegos disse...

Fala sério! Vc tem quantos anos? 15?

Anônimo disse...

PSDB deixou o quê? Hahahahaha! Meu Deus, como temos cegos e burros no nosso país!