sexta-feira, 1 de abril de 2011

Quero Liberdade de Expressão

A ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) entrou nesta sexta-feira com uma representação na PGR (Procuradoria Geral da República) contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ).
A representação pede que a PGR instaure um inquérito de investigação criminal contra o deputado para apuração dos crimes de racismo, injúria e difamação contra mulheres, gays, bissexuais, travestis e transexuais. Fonte: Folha.com

Condenar a prática do homossexualismo não é injúria e difamação contra mulheres, gays, bisexuais, travestis e transexuais.

Não podemos nos submeter nunca a ditadura do homossexualismo que quer nos empurrar goela abaixo que a abominável prática do homossexualismo é normal e natural.

Quero a liberdade de expressar a minha opinião, e mesmo que o PL 122 seja aprovado continuarei dizendo que a prática do homossexualismo não é normal, não é natural, é abominável e nojenta.

Daqui a pouco vão começar a dizer que a prática do incesto e da pedofilia também são normais e naturais.

Não podemos ser permissivos com relação a assuntos tão sérios como estes.

3 comentários:

José de Araújo Madeiro disse...

Laguardia,


Desculpe-nos mudar de assunto, mas repassamos também para você:

Veja na Revista Época, o resumo da Defesa de Tese para o Título de Doutor Honoris Causa, desenvolvido no Brasil e concedido pela Universidade de Coimbra em Portugal.

Trata-se do Escândalo do Mensalão, dormitando no SFT e sob as mãos do Ministro Joaquim Barbosa.

Att. Madeiro

Ricardo Froes disse...

Sinceramente, Laguardia, nós não merecemos um aliado como Bolsonaro.

O destempero argumentativo desse cidadão consegue reverter qualquer expectativa de sucesso em qualquer causa que ele defenda.

Marcelo Dornelas disse...

Laguardia,

Dê uma olhada neste vídeo

http://www.youtube.com/watch?v=wMy1qVUgC8U