sábado, 18 de dezembro de 2010

Turma barra pesada

O prefeito de Macapá (AP), Roberto Góes (PDT), foi preso pela Polícia Federal na manhã deste sábado, por volta das 6h, em sua casa. A prisão é mais uma etapa da Operação Mãos Limpas, da Polícia Federal, que investiga um suposto esquema de desvio de verbas federais no Amapá por políticos, funcionários públicos e empresários do Estado. Fonte: Folha.com
 
Mais um caso de corrupção envolvendo os apadrinhados de Sarney, Lula e Dilma. Antes das eleições o irmão do prefeito, candidato apoiado por Lula e Dilma, também havia sido preso.
 
Quando é que vamos a prender que esta turma não merece nossa confiança, muito menos nosso voto?
 
Esta quadrilha deveria estar atrás das grades.
 
 
Tá bom para estes corruptos e como vimos da notícia acima continua bom para eles e ruim para o povo. 

Um comentário:

Bete disse...

Vergonha.
Se gritar " pega ladrao, não fica um... govenador, ex-governador, prefeito, presidente do tribunal de contas, secretarios, etc....
Abraços