terça-feira, 3 de maio de 2011

Nação Terrorista

Tenho lido em alguns blogs da esquerda artigos classificando os Estados Unidos como sendo uma nação terrorista.

No meu ponto de vista no entanto:

Nação terrorista é aquela que não cuida de seus cidadãos com respeito.

Nação terrorista é aquela em que nos hospitais públicos o cidadão é deitado no chão por falta de leitos

Nação terrorista é aquela em que a qualidade da educação piora dia a dia

Nação terrorista é aquela que aumenta os salários de seus parlamentares em 60% e o salário mínimo em 5%

Nação terrorista é aquela em que os aposentados não são tratados com respeito, que o benefício da previdência não é suficiente para pagar os medicamentos

Nação terrorista é aquela que cobra de seus cidadãos os juros mais altos do mundo.

Nação terrorista é aquela em que os bebes morrem nos hospitais por falta de UTI pediátrica enquanto o salário dos governantes aumenta em mais de 100%

Nação terrorista é aquela que cobra altos impostos e não transfere recursos para a população

Nação terrorista é aquela em que o cidadão é transportado para o trabalho como gado para o abatedouro.

Nação terrorista é aquela em que as estradas não recebem z manutenção mínima para garantir a integridade física daqueles que por ela trafegam

Nação terrorista é aquela que permite que seus cidadãos construam suas casas em aterros sanitários que desabam durante as chuvas causando centenas de mortes.

Não há país mais terrorista do que aquele que pratica o terrorismo contra os seus próprios cidadãos, não provendo a eles a justiça social pela qual pagam com o suor de seus rostos.

4 comentários:

JabaNews disse...

olá laguardia,
taí a nossa republiqueta, governada com vinténs e com o "terrorismo" da corrupção.
abs.,
jabanews

José de Araújo Madeiro disse...

Laguardia,

Assim agem os radicais. Aqueles que não olham para seus próprios calos, que se acham perfeitos e culpam sempre os outros. Como são perfeitos, nunca cometem erros.

Fanatizados na doutrina do impossível, assim inconcebível, do socialismo utópico e tendo o States como padrão de um Grande Satã. Ficam procurando empurrar todos brasileiros nesse insano projeto. De todos nós contra os States, além de consorciarem-se com os intempentivos e radicais dispersos pelos mundo, da cultura e do subsenvolvimento mais retrógado, sem oxigênio da alternância de poder, aos reinos das ditaduras e do pocer totalitário, nas mãos de minorias e de partido único.

O socialismo real foi um fracasso total na Rússia, com o tiro de misericórdia dado por João Paulo II, através de Lech Walesca. Do papa de origem polonesa, que levou a queda do Muro de Berlim, sacramentado por Gorbachew.

Quando ninguém da Alemanha, tentou reergê-lo, mas derrubá-lo. Hoje a Alemanha está unificada e nenhum alemão procurou retroceder em direção da Rússia. Porque provaram do fel da desilusão e da frustração.

Do Socialismo Real que foi um total insucesso.Porque não tem propostas e nada produz além de corrupções, de dominação, de guerras, de subdesenvolvimento e de outros desastres onde chega a ser implantado.

Então, esses teimosos e fanatizados brasileiros devem saber que eles não donos do Brasil.

O Brasil tem 190 milhões de brasileiros, de uma diversidade de cérebros para pensar, para divergir, para propor e para agir. Para produzir e desenvolver. O Brasil é pluralista em todos sentidos, jamais ajustável ao pensamento e condutas únicas, sobretudo de doutrinas ultrapassadas e superadas por todos recantos do globo, conforme exemplos a olhos vistos.

Não somos escravos e nem seremos de ninguém. Somos homens livres. O States são a principal nação do mundo, da cultura mais avançada, da mais liberal e mais tolerante, no esteio da nossa cultura, a ocidental.

Todavia, o Brasil não é curral do States. Nem será de Cuba ou do Irã. Mas que esteja alinhado com o que há de melhor, onde se preserve uma relação de boa vinzinhança, em especial da forma soberana de viver. Da liberdade. Do homem acima do Estado e de quem está no poder.

Contudo, esses comunistas que se acham os donos da verdade, então que aprendam as regras da convivência. A respeitar às divergências e que saibam que aquí no Brasil no só tem burros para serem doutrinados e lhes obedecerem cegamente, feitos burros de cargas ou de carroças.

E se por acaso não sabem ter convivência com os contrários,com os divergentes, que saibam ter, no mínimo, o último resquício de humildade. Que saiam do Brasil, que se transfiram para Cuba, onde terão os deleites para suas alucinações.

Mas que não fiquem,aquí no Brasil, insuflando e forjando conflitos, para uma nação que necessita de plenitude democrática e dos demais meios para construirem a sua prosperidade. O Brasil precisa de paz, de conciliar-se com a democracia e com a fraternidade. E isto é imposível para pessoas cujas mentes estão contaminadas e embotadas pelas ideologias exógenas e das insanidades do marxismo.

Att. Madeiro

José de Araújo Madeiro disse...

Anônimo José de Araújo Madeiro disse...

Laguardia,

Assim agem os radicais. Aqueles que não olham para seus próprios calos, que se acham perfeitos e culpam sempre os outros. Como são perfeitos, nunca cometem erros.

Fanatizados na doutrina do impossível, assim inconcebível, do socialismo utópico e tendo o States como padrão de um Grande Satã. Ficam procurando empurrar todos brasileiros nesse insano projeto. De todos nós contra os States, além de consorciarem-se com os intempestivos e radicais dispersos pelos mundo, da cultura e mais retrógada, sem o oxigênio da alternância de poder, aos reinos das ditaduras e do poder totalitário, nas mãos de minorias e de partido único.

O socialismo real foi um fracasso total na Rússia, com o tiro de misericórdia dado por João Paulo II, através de Lech Walesca. Do papa de origem polonesa, que levou a queda do Muro de Berlim, sacramentado por Gorbachew.

Quando ninguém da Alemanha, tentou reerguê-lo, mas derrubá-lo. Hoje a Alemanha está unificada e nenhum alemão procurou retroceder em direção da Rússia. Porque provaram e padeceram do fel da desilusão e da frustração.

Do Socialismo Real que foi um total insucesso.Porque não tem propostas e nada produz além de corrupções, de dominação, de guerras, de subdesenvolvimento e de outros desastres onde chega a ser implantado.

Então, esses teimosos e fanatizados brasileiros devem saber que eles não os donos do Brasil.

O Brasil tem 190 milhões de brasileiros, de uma diversidade de cérebros para pensar, para divergir, para propor e para agir. Para produzir e desenvolver. O Brasil é pluralista em todos sentidos, jamais ajustável ao pensamento e condutas únicas, sobretudo de doutrinas ultrapassadas e superadas por todos recantos do globo, conforme exemplos a olhos vistos.

Não somos escravos e nem seremos de ninguém. Somos homens livres. O States são a principal nação do mundo, da cultura mais avançada, da mais liberal e mais tolerante, no esteio da nossa cultura, a ocidental.

Todavia, o Brasil não é curral do States. Nem será de Cuba ou do Irã. Mas que esteja alinhado com o que há de melhor, onde se preserve uma relação de boa vinzinhança, em especial da forma soberana de viver. Da liberdade. Do homem acima do Estado e de quem está no poder.

Contudo, esses comunistas que se acham os donos da verdade, então que aprendam as regras da convivência. A respeitar às divergências e que saibam que aquí no Brasil no só tem burros para serem doutrinados e lhes obedecerem cegamente, feitos burros de cargas ou de carroças.

E se por acaso não sabem ter convivência com os contrários,com os divergentes, que saibam ter, no mínimo, o último resquício de humildade. Que saiam do Brasil, que se transfiram para Cuba, onde gozaram dos deleites para suas alucinações.

Mas que não fiquem,aquí no Brasil, insuflando e forjando conflitos, para uma nação que necessita de plenitude democrática e dos demais meios para construirem a sua prosperidade. O Brasil precisa de paz, de conciliar-se com a democracia e com a fraternidade. E isto é imposível para pessoas cujas mentes estão contaminadas e embotadas pelas ideologias exógenas e das insanidades do marxismo.

Att. Madeiro

Anônimo disse...

Os EUA quabdi
provocam ações terroristas no mundo,não levam em consideração crianças,velhos,mulheres.Pergunto-lhe então se é injusto agir contra eles do mesmo modo?