quarta-feira, 15 de abril de 2009

Boicote contra a BR Distribuidora

Sempre que vemos protestos da esquerda em todo o mundo contra os Estados Unidos, notamos que o alvo é sempre a rede Mac Donalds. Não que esta rede seja de propriedade do governo americano, ou mesmo de americanos, já que é uma franquia e muitas das lojas são de donos nacionais.

De acordo com idéia lançado por Pachoal do blog O Copista, http://ocopista.blogspot.com/, endosso a idéia de não mais abastecermos nossos veículos em postos BR.

Vamos escolher a BR como o simbolo do socialismo e da intervenção do governo na economia de forma perversa, de forma a criar estatais para servirem de cabide de emprego para seus aliados, para servir de fonte de recursos de Caixa 2 para os partidos do governo e seus aliados.

É certo que as demais bandeiras adquirem seu combustível da mesma fonte, a Petrobrás. Mas ao boicotarmos os postos BR, que é de propriedade da Petrobrás, estaremos boicotando uma estatal que tem toda uma diretoria composta de pessoas ligadas ao governo federal.

Portanto, endosso aqui a idéia do Paschoal. Não vou mais abastecer em postos com a bandeira BR.

9 comentários:

Anônimo disse...

Alguem já disse que a União faz a fôrça, portanto, unidos venceremos.
Quando os postos br estiverem às moscas, vão baixar os preços e a concorrência terá de segui-los, é a lógica do mercado capitalista. Os créditos dessa campanha não são de nosso blog, ela já vem sendo divulgada desde o ano passado só que em email em PPS, entretanto ficamos imensamente gratos pela deferência e enaltecidos pelo ombreamento junto a causa.
Abraço Fraterno!

LIBERTATUM disse...

Caro Laguardia,

Eu já boicotava a Petrobras por iniciativa própria. Agora a endosso. Nota: sugiro o boicote também à PDV.

Abs

Klauber (LIBERTATUM)

Anônimo disse...

Então andem de bicicletas seus conservadores!!!

Laguardia disse...

É preferível andar de bicicleta a alimentar parasitas vagabundos como o anônimo. Que ele morra de fome que o anônimo não vai ter mais dinheiro roubado do povo para suas farras.

Príncipe Tito disse...

ABRAÇOS...

Anônimo disse...

Já não abasteço há muito tempo. Ah!... vale lembrar que a ptrobrás em uma manobra que passou despercebida, detém agora a maior parte das ações da bandeira Ipiranga - o que ajuda ainda mais a reforçar o monopólio, que ao cidadão acéfalo é vendido como soberania. Sobram então as estrangeiras Shell, Texaco, Esso e as bandeiras independentes. É nessas que eu vou...

Marcio

Pobre Pampa disse...

Este é um boicote absolutamente sem sentido. Poucos postos de bandeira petrobrás são de propriedade da própria. A grande maioria pertence a empresários - geralmente pequenos ou médios - que estão batalhando pela sobrevivência. Todo o petróleo brasileiro é comandado pela petrobras. Toda gasolina brasileira é da petrobrás. Abastecendo em qualquer posto, de qualquer bandeira, vocês estarão utilizando gasolina da petrobrás...

Para escapar dela, só mesmo na bicicleta do anônimo aí de cima. Mas sou mais que conservador. Sou um sedentário assumido e não largo de meu carro.

Usem gasolina de qualidade comprovada, não pela bandeira, mas pela segurança de seu motor.

Laguardia disse...

Pobre Pampa

Os postos BR são um simbolismo que escolhemos como forma de protesto. A BR ganha dinheiro com a bandeira, seja ela própria ou de franqueados. O presidente da BR distribuidora é indicado pelo PT.

Eu também sou sedentário de carteirinha e não largo o meu carro. No entanto não abasteço em postos de bandeira BR.

Tal qual a esquerda faz protestos contra lanchonestes McDonalds, mesmo que em sua totalidade sejam de propriedade de terceiros, é o simbolismo que estão buscando.

Por isto a campanha contra os postos de bandeira BR. É o simbolo do governo federal.

Fabiano Barreto disse...

Proponho algo um pouco mais trabalhoso.

Que seja cobrado dos administradores públicos um transporte coletivo de qualidade. Do contrário, seguindo a "lógica capitalista", basta que se interrompa o pagamento de impostos.

Lembrem-se do caso do Cesar Maia, em seu último mandato como prefeito do Rio de Janeiro. O cara abandonou a cidade para investir na vila panamericana e no abismo financeiro da cidade da música, na Barra da Tijuca.

Resultado... Parte da população se revoltou e deixou de recolher o IPTU no ano de 2008 (ano eleitoral), arrasando com a administração do prefeito do DEM. Nas últimas eleições, os candidatos topavam posar pra foto até com o Bush. Com o Cesar Maia, jamais!!

E, é lógico, bicicleta sim, sempre que possível!

Um abraço, Laguardia!