quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Privatizar para o Brasil Melhorar

Segundo dados que a Anatel divulgará ainda hoje, o Brasil superou em outubro, enfim, a marca de um celular por habitante. As 2,9 milhões de novas habilitações no mês (1,55% a mais do que  setembro) levaram o Brasil a ter 194,4 milhões de celulares – acima, portanto, dos 191,5 milhões de brasileiros que a contagem do IBGE cravou no ano passado.

Há vinte anos atrás era um sonho de ficção científica imaginar que o telefone celular seria democratizado da forma que foi. Hoje já temos uma média de uma linha por habitante, o que significa que muitos brasileiros têm até mais de uma linha de celular.

No passado recente, para se conseguir uma linha de telefone fixo era necessário se inscrever num plano de expansão da empresa estatal de telefonia e pagar até cinco anos para no final receber uma linha telefônica. 

Tudo isto graças a privatização das empresas telefônicas. Com a concorrência entre si as empresas procuraram desenvolver-se tecnicamente e trazer para o Brasil a tecnologia existente fora daqui com relação a telecomunicação. Foi um grande avanço nesta área.

Hoje consegue-se uma linha telefônica em questão de horas, e não anos como era no tempo das Teles estatais.

E o PT jurássico ainda reclama e defende a estatização da economia. Mas é fácil de entender, como o PT está se lixando para o bem estar da população, as estatais representam para eles um grande cabide de emprego e uma fonte inesgotável de recursos ilegais para o partido e seus dirigentes.

É o que fazem com a Petrobrás


2 comentários:

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

Amigo LAGUARDIA: vou mais alem da tua postagem. Antigamente era dificil adquirir-se um alinha telefonica. Possuo uma a cerca de 40 anos. E é direito adquirido, que entrará em inventario, pois posuo inuemras açoes ordinadrias e preferenciais, as quais a telefonica de serviços fixos, ja tentou por algumas vezes compra-las. Hj realmente a privatização beneficiou em mt aos brasileiros. mas cabide de empregos e otras cositas más, náo é só a Pertobras, extende-se a Eletrobrás e subsidiarias tambem. Abrçs. Roy Lacerda.

Irwim disse...

Quando a tecnologia do celular permitiu acesso facil e barato dos brasileiros ao telefone os tucanos entregaram aos estrangeiros o novo veio milionário que se abria.
Enquanto a telefonia consistia em levar uma linha física das centrais até os domicílios com custos muitas vezes inviáveis era o governo que tocava a mina esgotada!
Vcs podem pregar a burrice, mas apenas os burros vão segui-los...