segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

A Visão do Leitor

José de Araújo Madeiro disse...Laguardia,

Esta Esquerda Escocesa do Brasil, agora sob comando da Dona Dilma Rousseff parece quem não tem propostas nem projetos que possam levar a serio os problemas do povo brasileiro. Mas que gosta mesmo é mamar e abusar das tetas do Estado. Ela, toda esquerda que está no Poder, é pródiga na dissimulação para lograr e enganar a todos otários que votam e acreditam nela.

As informações obtidas pelo Jornal Estado de São Paulo, do Jronalista Jamil Chade, nos dão conta das aplicações de brasileiros nos paraísos fiscais, quando sòmente em Bancos Suíços são da ordem de US$ 60 bilhões.

Assim, aproveitamos a oportunidade para divulgar este comentário do Edivaldo Camargo, postado no mesmo jornal, para que os leitores comunistas que nos abordam não fiquem dizendo que inventamos e criamos notícias facciosas e mentirosas. Quem mente, então?

Comentado em: Remédio grátis faz parte do combate à miséria, diz Dilma, 7 de Fevereiro de 2011 | 15h03:

" Para que esse remédio seja distribuído gratuitamente, outros tiveram que trabalhar e produzir esses remédios, ou será que a presidente faz um gesto com sua vara mágica e os remédios aparecem do nada? 

E as pessoas que produziram esse remédio serão recompensadas pelo seu trabalho? 

E se forem, de onde vem o dinheiro? 

Ah! sim dos impostos confiscados de quem trabalha e produz. 

Então podemos concluir que estamos todos colaborando com o combate à miséria. 

Mas e se o governo decidir que além dos remédios também somos responsáveis pela nutrição, moradia, etc... 

Será que tem um limite de quanto das nossas vidas deve ser devotado ao combate à miséria?

E se chegar ao ponto que eles necessitam de todo o nosso tempo e dinheiro, será que também não temos um direito ao nosso tempo e nossas vidas. 

E se chegarmos ao ponto que as necessidades de outros chegam a 100% das nossas vidas? 

Quando vemos que o governo puni a proeza com os exorbitantes e obscenos impostos ao mesmo tempo que recompensa aqueles indolentes com o fruto do nosso trabalho, nós entramos naquela ladeira escorregadia rumo ao comunismo. Será que chegaremos ao diaquando o homem possa viver para o seu próprio benefício sem ter que viver para outros?*

....

E o dinheiro que geramos aqui, resultante do nosso trabalho, dedicação e da confiança de que será benéfico para os demais brasileiros, através dos nossos impostos, eles, impunemente, roubam e ainda debocham de nós todos. Que Brasil de hoje, heim?!"

Att. Madeiro

A única forma de se acabar com a pobreza é através do processo digno de trabalho. Doações não acabam e nunca acabaram com a pobreza. Exemplo de Cuba que é um dos países mais miseráveis do mundo que em 50 anos não conseguiu abolir o racionamento de alimentos.

Ou a Coréia do Norte onde o povo morre de fome.

O único meio de se acabar com a miséria é através do esforço e do trabalho. Sim isto não existe fim a miséria.

Somente o trabalho dignamente remunerado tira o povo da miséria. O governo tem que focar no que é de sua responsabilidade, ou seja garantir justiça social, garantir através de leis justas que não haja exploração do trabalhador, prover educação de qualidade, saúde pública digna e seguridade social.

2 comentários:

Marcelo Dornelas disse...

Laguardia cuidado com seu blog,rs,

É que o ator Carlos Vereza acusa petistas de terem apagado sua conta

http://carlosverezablog.blogspot.com/2011/02/explicacao-aos-amigos-e-amigas.html

José de Araújo Madeiro disse...

Laguardia,

"O comunismo é a filosofia do fracasso, o credo da ignorância e o evangelho da inveja. Sua virtude inerente é a distribuição equitativa da miséria".

Winston Churchill