quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Vale a pena lutar, mesmo sendo minoria.


No dia 14 de Novembro de 1960 uma menina de 6 anos foi levada à escola escoltada por policiais federais. A criança foi insultada e ameaçada de morte por uma multidão enfurecida. Assistiu às aulas sozinha: as demais crianças foram mantidas em casa pelos pais.

A luta contra a discriminação racial nos Estados Unidos é relativamente recente. O fato acima ocorreu a pouco mais de 50 anos, no entanto as mudanças foram muito grandes, tão grandes que hoje os Estados Unidos tem um presidente afro-descendente.

É por isto que continuamos a nossa luta pelo comportamento ético, honesto e moral de nossos governantes. 

É por isto que temos a esperança de no futuro vermos o povo brasileiro valorizar a ética, a honestidade e a moral.

Não vamos desistir de nossa luta, mesmo que as pesquisas indiquem que Dilma e o lulo petismo tem apoio da maioria da população brasileira.

A História nos mostra que o bem sempre vence o mal. Mais cedo ou mais tarde o Brasil ficará livre desta organização criminosa chamada PT que hoje nos governa. 

2 comentários:

Anônimo disse...

afro-descendente, não: negra. eu não sou euro-descendente, sou branco e ponto. A única maneira de acabar com o PT e os ptralhas é com Kalashnikov na mão.

"O Mascate" disse...

Acontece meu caro LaGuardia, é que nuzistaduszunidus até a arrogância do preconceito racial foi encarada de forma rígida pelas autoridades e os movimentos negros se uniram em torno da igualdade de direitos com apoio de muitos brancos.
Aqui no Brasil o governo não atua contra nada para não perder votos e não ser antipático políticamente. Política não se faz com autoridade. Governar precisa de mão forte e de respeito as leis. Aqui o que mais vemos é o executivo arrepiando leis pára favorecer aos mesmos de semnpre. E a população não quer muidanças, uma vez que isso pode acarretar responsabilidades, e o brasileiro médio passa até o ato de pensar para cargo dos políticos. Responsabilidade então...
E de mais a mais não é a toa que os EUA são a maior democracia do planeta.
Mesmo contrariando a "verdade" de alguns.
Precisamos ser descobertos de novo e começar do zero para tornar o Brasil uma nação de verdade.