segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Intervenção em Assuntos Internos da Colombia e Honduras

Há anos a democracia e a liberdade do povo colombiano vem sendo ameaçado por uma guerrilha jurássica, que se transformou num verdadeiro exército de narco traficantes apoiados por Cuba e pela Venezuela, numa verdadeira intervenção nos assuntos internos daquele país.

Hugo Chávez e Rafael Correa insistem em armar e dar guarida a este exército de criminosos, que além de sequestrarem e matarem inocentes, exportam para os aglomerados urbanos do Brasil cocaína e armas para que os bandidos nacionais combatam a polícia.

Não satisfeitos, Chávez, Correa, Morales, Lugo, Lula, e outros caudilhos latino americanos, interferem nos assuntos internos de Honduras na tentativa, até agora vã, de manter no poder naquele país outro caudilho desonesto que tentou rasgar a Constituição Hondurenha e implantar um regime ditatorial chavista.

Agora, que com o objetivo de proteger sua democracia e liberdade, a Colômbia opta por um acordo de instalação de bases americanas em seu território, o que prejudica em muito as intenções dos Caudilhos em formar aqui uma nova União Soviética Bolivariana sob o comando de Chávez.

É natural portanto que os Caudilhos estejam protestando e cuspindo fogo pelas ventas.

A presença militar americana tem sido uma ameaça a implantação do comunismo em diversas nações do mundo, alguma das quais a Alemanha, Inglaterra, Coréia do Sul e outras. Com o fim da Guerra Fria a presença militar americana tem diminuído principalmente na Europa com o fim da Cortina de Ferro e a democratização dos países antes dominados pela antiga União Soviética.

Não que os americanos sejam santos e que tenham cometido muitos erros, mas hoje em dia é a única força com que o mundo conta para se contrapor ao golpe de Caudilhos e genocidas.

Toda esta confusão poderia ser evitada se Chávez fosse um lider democrático que não estivesse impondo uma cruel ditadora a Venezuela e com planos de estender seus tentáculos a toda a América Latina, inclusive o Brasil.

Infelizmente, nosso governo além de apoiar o narco tráfico das FARC ainda apoia o movimento megalomaníaco de Chávez.

2 comentários:

Cachorro Louco disse...

Laguardia : Por causa disto sou totalmente favorável à implantação da base americana na Colombia ,e espero que esta base possua toda a estrutura tecnológica necessária para vigiar não somente as FARC mas todo o resto do continente ,para que estes tiranetes com cabeça de esterco não possam fazer dos países latino americanos aquilo que bem entenderem.Abraços

amauri disse...

Laguardia : A sua dica deu certo ,mas não estou conseguindo visualisar a coluna da direita no seu blog .Abraços