quinta-feira, 23 de julho de 2009

Honduras Ontem

Fonte: A Verdade Política

À esquerda, a direita. À direita, a esquerda. Honduras esfregou na cara do mundo o que o povo quer por lá. O povo quer paz. Liberdade. Democracia. Estado de direito. O povo lá não quer Lula, não quer Chávez, não quer Evo, não quer Obama. O povo lá quer ser dono do seu nariz. E é, doa a quem doer. Não adianta mais passar o chapéu pelo mundo, Zelaya! O povo unido jamais será vencido. A América começa a ficar azul.

3 comentários:

Stenio Guilherme Vernasque da Silva disse...

eu fico grato em ver estas fotos divulgadas, calando a boca dos intelectualóides de plantão.
Onte vi a E. Castanhêde (folha) falar que é um perigoso precedente...
Talvez por que lula se enquadra perfeitamente como um destruidor de democracias.

hideide.blogspot.com disse...

Olá, muito oportunas as informações. Abraços

Anônimo disse...

Perdão, não quero ser agressiva, mas essas fotos não condizem com a realidade. Sou jonalista e estive lá. O país está um caos. Milhares de pessoas estão nas ruas e em greve.

Proprietários de ônibus são proibidos de transportar manifestantes sob pena de perderem as suas concessões...


A única imprensa que funciona é a que está ao lado dos golpistas. Inclusive temos a morte de um jornalista numa emboscada, assassinnado com 3 tiros. Jornais foram fechados...


Isso é democracia?


Eu não sou direita nem esquerda, apenas penso.


Essa Igreja que lá está, apoiando um ditador, não pode ser a mesma que eu frequento, que tem Jesus como seu criador. Quando tomei conhecimento que ela apoia um golpista resolvi, com o coração partido, abandoná-la.


Não seria essa a Igreja de Jesus. Nem pode ela falar por ele, que era digno e justo.


Essa aí me faz lembrar a da Inquisição, sempre ao lado dos poderosos e de quem lhe pagava mais. A que ajudou a dizimar as civilizações aztecas, incas...

Depois dessa decepção não me surpreendi hoje quando soube que o Papa Joseph Ratzinger aos 14 anos de idade aderiu à Juventude Nazista, jurando fidelidade à Adolf Hitler, e que dessa forma concluiu seus estudos em uma escola nazista, fato importantíssimo na construção de sua personalidade.

Aos 16 anos, em 1943, partiu para a Segunda Guerra Mundial para defender a Alemanha Nazista. Durante 2 anos lutou na Hungria, onde instalou minas antitanques. No final da guerra, foi preso por cerca de dois anos.

Hoje, Ratzinger é conhecido por alguns como Bento XVI e por outros como Hitler II.


Como um ex-nazista é papa?


Este papa, personifica tudo o que existe de mais conservador na igreja Católica. A mesma igreja que queimou milhares de pessoas na Inquisição, a mesma igreja que apoiou Hitler, a mesma igreja que ajudou a dizimar nossos índios, a mesma igreja que hoje proíbe estudos científicos por causa de “dogmas”...


Vou parar por aqui porque estou enojada...


Desculpe o desabafo.