sábado, 29 de maio de 2010

Dilmentira ataca novamente

Cartaz comemorativo a mais uma mentira da Dilma. Clique, amplie, espalhe. Nem todo mundo lê blogs e jornais, mas todo mundo faz o maior sacrifício para comprar um bom computador.

"Em 2004, quando o programa foi criado, eram em torno de 5,5 milhões de computadores vendidos. Hoje, hoje que eu falo é 2009, são 17 milhões de computadores comercializados", afirmou."Nós multiplicamos por três vezes e meia o número de computadores vendidos no Brasil", completou a petista.

A Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) afirma que foram vendidos 12 milhões de unidades de PCs em 2009 (5 milhões a menos do que diz Dilma), sendo 30% por meio do comércio ilegal.

Outra consultoria, a IDC, aponta vendas de 11 milhões. Em vez de impedir o contrabando, a Dilma inventou um financiamento dos bancos estatais mais caro do que as próprias lojas ofereciam.

Resultado: o pomposo programa "Computador para Todos" deu em nada. No entanto, como a mentira é a tônica da Dilma, ela agora inventou um "PAC do Computador". Fez uma lista de tudo o que é vendido no Brasil, inclusive com o contrabando, para criar um grande e mentiroso número.

É a Dilmentira em ação.

Transcrito de Coturno Noturno

2 comentários:

Briguilino disse...

Lembro que quando Lula tomou posse na nossa familia (irmão, sobrinho) tinhamos um PC. Quer saber quantos temos hoje?
8 pcs
3 notebook
1 netbook ( o meu)quer mais ou inda é poco? rssss

Marc disse...

É do PT, tá explicado...
Eu, aposentado, tenho o mesmo desde 1992. A grana não dá nem para fazer up-grade.
Bri, vá se danar