domingo, 30 de maio de 2010

A Visão do Leitor


Blogger Ricardo Froes disse...

“A olho nu, qualquer um percebe a ascensão social, econômica, política do idiota. Outro dia, passou por mim um automóvel das Mil e Uma Noites, sim, um desses Mercedes irreais, com cascata artificial e filhote de jacaré. Lá dentro, ia um idiota flamejante.” Nelson Rodrigues.

Laguardia, esse Briguilino é patético!

Eu custo a crer que alguém ache que o país está crescendo (bem menos que deveria) POR CAUSA do Lula e não APESAR do Lula. Custo mais ainda a crer que li um sujeito insinuar que seus 12 computadores são a prova definitiva desse crescimento, se, quando muito, isso só prova um certo desequilíbrio. Quantos livros será que Briguilino tem em casa? Não vale catálogo telefônico nem livro a metro – aqueles bem encadernados, capa dura, que o pessoal compra pra enfeitar a estante.

Eu pergunto, mas sei que vou ficar sem resposta, sobre os 16 milhões de analfabetos que Lula esqueceu e sobre os 75% da população funcionalmente analfabeta que Lula esqueceu, apesar, ou porque, o apedeuta também é um deles.

Resolver isso, sim, seria progresso, como foi progresso FHC ter domado a economia quando, aí sim, o país cresceu POR CAUSA de um homem e sua equipe, tanto que foi escancaradamente copiado por Lula.

Termino com mais um Nelson:

“Até o século XIX o idiota era apenas o idiota e como tal se comportava. E o primeiro a saber-se idiota era o próprio idiota. Não tinha ilusões. Julgando-se um inepto nato e hereditário, jamais se atreveu a mover uma palha, ou tirar um cadeira do lugar. Em 50, 100 ou 200 mil anos, nunca um idiota ousou questionar os valores da vida. Simplesmente, não pensava. Os “melhores” pensavam por ele, sentiam por ele, decidiam por ele. Deve-se a Marx o formidável despertar dos idiotas. Estes descobriram que são em maior número e sentiram a embriaguez da onipotência numérica. E, então, aquele sujeito que, há 500 mil anos, limitava-se a babar na gravata, passou a existir socialmente, economicamente, politicamente, culturalmente etc. houve, em toda parte, a explosão triunfal dos idiotas.”

2 comentários:

Briguilino disse...

Sr. Ricardo Froés, provavelmente eu não tenha tanto livro quanto você tem. Porém, duvido que tenha lido mais livros do que eu.
Quanto aos PCs, foi apenas um exemplo que mostrei. Laguardia sabe que eu mesmo não possuia nemhum. Aqui em casa depois do governo Lula tem 3 e o net é o meu.
Saudações Briguilinas,

Ricardo Froes disse...

Pois eu duvido, Briguilino, que você tenha entendido os livros que leu.

Como eu disse, você é patético. Além de tudo você disse que eram 12 computadores e agora são três?

Faça-me o favor: passe sua cabeça a limpo.