quinta-feira, 1 de março de 2012

Preconceito Cristofóbico de José Dirceu

Não podemos ficar na defensiva e no recuo frente à violência e à chantagem de certos setores evangélicos que querem interditar o debate sobre esses temas no país e patrulhar todas as políticas públicas com relação às questões do aborto e do homossexualidade. Esses grupos buscam impor ao Estado brasileiro uma visão preconceituosa e repressiva. Os que dão guarida a esse comportamento violento que introduz em nossa sociedade o ovo da serpente do preconceito e do racismo prestam um desserviço à democracia e à convivência social. Fonte: Blog do Zé

 Estado Laico pressupõe a liberdade de religião, de culto, de crenças e de expressão.

Num estado Democrático de Direito e Laico não se admite a intervenção do estado nas diversas religiões existentes no país.

Nós protestantes, com base nas Escrituras Sagradas, acreditamos que a prática do homossexualismo é abominável aos olhos de Deus.

Acreditamos também que a educação religiosa ética e moral é responsabilidade dos pais e não do estado, por isto  não concordamos com o Kit Gay de Fernando Hadad. Queremos ter a liberdade de ensinar a nossos filhos que a prática do homossexualismo não é normal.

Nós protestantes acreditamos também que a prática do aborto é abominável aos olhos de Deus e que é comparável ao assassinato de inocentes. Queremos que nossos filhos aprendam que o sexo tem que ser exercido com responsabilidade.

Muitos de nós também acreditamos que o sexo só deve ser praticado depois do casamento.

Chamar nossas crenças de chantagem e de violência, demonstra o preconceito e a cristofobia de José Dirceu e seus comparsas do PT. 

Com este comentário José Dirceu viola o princípio de estado laico, de estado democrático de direito e procura impor sua opinião sobre a opinião dos protestantes.

Esta opinião de José Dirceu é ofensiva a todos os cristãos.

Cada vez mais o PT põe as mangas de fora e demonstra a que veio - Impor ao Brasil uma ditadura marxista.   

3 comentários:

Fatima Lúcia Vasconcelos disse...

Sou contra o aborto. Quanto a sexualidade de cada um, tenho nada a ver com isso, cada qual é cada qual, tem para todos os gostos. Quanto aos que são contrários e os que são a favor de qualquer coisa...fico com Voltaire: Posso não concordar com uma palavra do que dizes mas, darei minha vida para defender o teu direito de dize-las.

Eduardo Araújo disse...

Ei, Fátima, sabia que não existe comprovação de que Voltaire disse isso?

Mais: de fato, o pensador iluminista muito se preocupou em denunciar a intolerância, descarregando quase todas as suas baterias no clero francês.

O interessante é que ele mesmo, nessa empreitada, não foi nem um pouco tolerante com a instituição religiosa que sugeria a todo momento esmagar e que usava de todo ardil - mentiras panfletárias, inclusive - para escrachá-la publicamente.

Castelo disse...

Vocês sabiam que a mentira é muito fácil de se espalhar?,.....
Pois é, quem já não viu e ouviu nos telejornais, as tvs alardearem a frase mentirosa "Um casal de homossexuais",.....Ou como queiram, "Um casal de gays",........
-Isso é coisa que não existe, para que se possa denominar "casal", obrigatoriamente tem q ser da mesma espécie e de sexo oposto,
Querem induzir a sociedade a embarcar na canoa furado da transgressão aos olhos de Deus, e às leis da natureza.......
Ninguém deve ser discriminado por ser diferente mas, incentivar ao erro, é outro erro.....