terça-feira, 7 de junho de 2011

Algumas pessoas nunca aprendem

Palocci é uma destas pessoas que nunca aprendem, ou será que está tão confiante na impunidade que já não se importa com nada a não ser com seus interesses pessoais?

Antônio Palocci pela segunda vez é demitido de um alto cargo no governo devido ao seu comportamento anti-ético, desonesto e imoral.

Acredito que Palocci realmente se julga acima da lei e da Constituição. Acredita que pode fazer o que bem entender impunemente.

Sua experiência tem demonstrado que ele tem razão. Durante o seu mandato como prefeito de Ribeirão Preto recebia propina da Leão e Leão, empresa de limpeza urbana. Nada lhe aconteceu. Não teve que devolver nenhum dinheiro aos cofres públicos.

Continuou suas atividades no Ministério da Fazenda durante o primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva, até que quebrou o sigilo bancário do caseiro Francenildo na esperança de ocultar seus mal feitos. Ficou impune também.

Agora multiplicou por vinte a sua fortuna pessoal através do tráfico de influência. Também está ficando impune. Perde o posto de Ministro Chefe da Casa Civil, mas não perde sua influência com o governo. Não tem que devolver o que ganhou desonestamente.

O mesmo acontece com José Dirceu que continua dando as cartas no governo e no PT.

Dilma ainda tem como ministro Fernando Pimentel, que também está sendo processado em Minas Gerais por atos de improbidade quando era prefeito da capital mineira.

É preciso acabar com a impunidade destes crimes contra o tesouro nacional.

Ou o Brasil acaba com o PT ou o PT acaba com o Brasil.

Um comentário:

Andrea Berger disse...

Infelizmente isso tudo é fruto da democracia. O povo reelegeu o PT. Ingenuidade ou ignorância( prefiro essa opção) acreditar que seria diferente e que tal qual como Lula, a Dilma não tem nada a ver com essa tal corrupção que assola o poder.
Preferia Palocci no governo, e o PT justificando a necessidade técnica da sua permanência, seria muito mais decente.
Abs