terça-feira, 29 de maio de 2012

Campanha lulo-petista contra as instituições democráticas

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes afirmou nesta terça-feira que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seria a "central de divulgação" de intrigas contra ele e que a tentativa de envolver seu nome no esquema do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, tem como objetivo "constranger o tribunal" para "melar o julgamento do mensalão". 

"O objetivo [de ligar seu nome ao de Cachoeira] era melar o julgamento do mensalão. Dizer que o Judiciário está envolvido em uma rede de corrupção. Era isso. Tentaram fazer isso com o Gurgel e estão tentando fazer isso agora", afirmou o ministro, fazendo referência às críticas recebidas pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, por ter segurado investigação, em 2009, sobre a relação entre Cachoeira e o senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO). Fonte: Folha.com

Quem tem o costume de ler os blogs da militância lulo petista comprova que o Ministro Gilmar Mendes tem sofrido uma campanha de difamação. O movimento orquestrado pelos fanáticos nazi-petralhas é do mesmo teor que tem sido praticado contra a revista Veja e contra a liberdade de imprensa.

O PT age tal e qual os nazistas da Alemanha de Adolf Hitler. Difamam seus opositores para que possam estabelecer a ditadura e colocar um fim no estado democrático de direito.

Não podemos nos esquecer de que Cuba é o ideal de "democracia" lulo-petista. A militância petralha é fanática e obedece cegamente a tudo o que seu mestre mandar.

Ou o Brasil acaba com o PT ou o PT acaba com o Brasil!

Um comentário:

jabanews disse...

Olá Laguardia,
O episódio envolvendo Lula e Gilmar, no escritório do Jobim, que dizem ocorrido há mais de mês, e como tal ocorrido, mostra-se como prova indiscutível da degradação de princípios e valores que se disseminou no País, da imagem do Supremo, que já se faz desmoralizada e da própria Nação, transformada numa babel criminosa - infindável confusão de atos e interesses criminosos que a enxovalham, a envergonham e ferem a alma.
Abs.,
Flávio