sexta-feira, 4 de maio de 2012

A Visão do Leitor


1° de maio


O Ministério do Trabalho e Emprego, desde a saída do defenestrado ex-ministro pedetista Carlos Lupi, envolvido em um escândalo de corrupção, até o convite presidencial para o também pedetista Brizola Neto assumir a pasta, permaneceu quase cinco longos meses sem titular. 

Tal situação de precariedade e desdém oficial paralisou a condução de projetos relevantes pela pasta e desnudou a insignificância da classe trabalhadora para o governo da presidente Dilma Rousseff.

Pelo visto, a classe trabalhadora foi, e é, tão somente massa de manobra para execução do projeto de poder perpétuo e totalitário dos partidos da base governista, especialmente o PT e o PDT.

Para os atuais faustosos petistas e pedetistas, a porta de fábrica é tão somente um "retrato na parede", e nada mais.

Túllio Marco Soares Carvalho 
Por e-mail

3 comentários:

Joelneto disse...

Off topic rsss

Engraçado, não vi cobranças deste blogueiro para que o responsável pela Veja se convocado para depor na cpmi do Cachoeira, por que será? Seletividade piguista?

Laguardia disse...

Joel

Crime teria cometido a Veja se não publicasse as denuncias de Cchoira. Quem não deve não teme. Só sucumbe a chantagem quem tem o rabo preso. Lula e seus lacaios petralhas tem o rabo põem preso nas teias da corrpçao.

Anônimo disse...

E aí velho Laguardia!
O que vc vai fazer com seu blog que tantas vezes se apoiou em artigos da revista Veja.
Quantas vezes na verdade vc foi sem saber iludido por Cachoeira e sua quadrilha?
Viu? A verdade não tem dono e quem costuma julgar os outros com a facilidade que vc tem, geralmente é um tolo iludido, percebe? E vc achando que tolos iludidos são os eleitores do PT...
A vida ensina, aprende quem quer!