quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Considerações sobre os protestos de 7 de setembro de 2011



O mais importante a se ressaltar dos movimentos de protesto contra a corrupção no dia de hoje, 7 de setembro de 2011, é que estes protestos não foram organizados por sindicatos, nem por partidos políticos, nem pela UNE, nem pela militância de qualquer partido. Foi um movimento espontâneo organizado via internet por cidadãos comuns.

Não foi assim com o movimento das diretas já, organizado pelos partidos de oposição ao governo militar, que contava com lideranças políticas de renome nacional, como Tancredo Neves, Ulisses Guimarães e tantos outros.
Não foi assim com o movimento contra Fernando Collor, que teve a participação organizada da militância do PT, dos sindicatos, da UNE etc.

O movimento de hoje parte da iniciativa do povo não organizado. O povo que já não aguenta mais tanta corrupção e tantos impostos que não se revertem em benefícios para o povo que sofre.

Por isto tenho a esperança que seja um movimento mais duradouro e que tenha efeitos permanentes em nossa sociedade.

A esquerda organizada em sindicatos, em militância de partidos e na UNE não compareceu, e de certa forma se opôs ao movimento devido ao fato de estarem comprometidos até a raiz dos cabelos com este que é o governo mais corrupto de nossa história.

Que movimentos como este possam se repetir com mais frequência. Que este tenha sido apenas o início de um movimento que vai tomar conta do Brasil e varrer de nossa história estes políticos corruptos, sem ética e sem moral.

PAIS RICO É PAIS SEM CORRUPÇÃO

2 comentários:

José de Araújo Madeiro disse...

Laguardia,

O Dr. Ronaldo Lucena que fez a denúncia das Craniotomias com Furadeira Elétrica comum, usada na construção civil, está recuando e desconversando.

Eu estive presente na sessão da Câmara de Vereadores onde aconteceu o fato e tive oportunidade de 3 minutos para falar, reforçando e apoiando.

Em anexo, um e-mail que estou enviando para o Tarcísio, presidente do Sindicato Médico de Paraíba:

Tarcisio,

Fiz questão de falar, não em nome do sindicato, porque não tenho procuração para tal e você já hvaia falado, como presidente do sindicato. Mas apenas como médico e como cidadão, eleitor, em particular. Para dar um alerta para que todos saibam. Quando a questão tem maior profundidade e é muito mais grave do que pensa, que envolvem interesses internacionais, não simplesmete de pessoas alheias ao ninho. Trata-se de um modelo de gestão do Estado Brasileiro que atenta contra os interesses nacionais.

Esses caras continuam tratando todos brasileiros de babacas. E nós médicos temos o dever de fazer a diferença.

Assimo o que disse. E vou querer uma cópia do que disse publicamente para guardá-la em casa.

O pronunciamento de Ronald, com sua denúncia está gravado e tornou-se de domínio nacional. Ele estando recuando está ficando desmoralizado. E isto não é problema nosso, mas dele.

A luta está apenas começando.

Att. Madeiro.

Briguilino disse...

PAIS RICO É PAIS SEM CORRUPÇÃO...bela frase pena que não encontre respaldo na realidade.