quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Ninguem suporta mais a demagogia da esquerda socialista


O presidente da Bolívia, Evo Morales, enfrenta nesta quarta-feira um dia de greve geral envolvendo várias categorias profissionais. A paralisação foi convocada pela Central Obreira Boliviana, a maior entidade sindical do país, em protesto contra a forma como o governo atuou na repressão às manifestações dos indígenas que se opõem à construção de estrada na região de San Ignacio de Moxos (Beni) e Villa Tunari (Cochabamba) Fonte: Folha.com

Há décadas o socialismo faliu em todo o mundo depois de acarretar o massacre de milhões de inocentes.

Nos poucos países onde ainda existe o regime socialista, como Cuba e Coréia do Norte, o povo morre de fome e não há justiça social.

A construção desta estrada na Bolívia', patrocinada pelo governo brasileiro, foi a gota d'água para o povo que agora quer a saída de Evo Morales.

Quando chegam ao poder estes governantes de esquerda só pensam em engordar suas contas bancárias com o dinheiro do povo.

Exemplos disto temos de sobra no Brasil. Só para citar dois expoentes, Luiz Inácio Lula da Silva e José Dirceu.

Nós também aqui no Brasil temos de dar um basta corajoso contra esta situação.

Um comentário:

ALBERTO FIGUEIREDO disse...

De onde virá esta coragem?