quinta-feira, 12 de abril de 2012

Tem corrupção? Tem PT envolvido

Maior empreiteira do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a Delta Construções S.A. teria negociado facilidades em contratos diretamente com a cúpula do Governo do Distrito Federal (GDF), em troca de favores de campanha eleitoral, como indicam grampos da Polícia Federal. 
Em conversas gravadas na Operação Monte Carlo, aliados do contraventor Carlinhos Cachoeira - acusado de comandar uma rede de jogos ilegais no País - revelam que a diretoria da empresa no Rio “cobrava a fatura” de doações eleitorais ao pressionar o Palácio do Buriti por nomeações e a liberação de verbas.

Em 2010, a Delta consta como doadora de R$ 2,3 milhões apenas a comitês partidários no País. Do total, R$ 1,1 milhão foi destinado ao Comitê Nacional do PT e o restante ao PMDB. Não consta na prestação de contas do governador do Distrito Federal eleito, Agnelo Queiroz (PT), ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) doação da construtura.

A Delta é a construtora associada ao governador do Rio de Janeiro, cujo helicóptero se acidentou na Bahia matando a nova do governador do estado.

A Delta é a construtora que tem a maioria das obras sem licitação no Rio de Janeiro.

A Delta é a construtora que tem a maior parte das obras do PAC.

Não é sem motivo que a Delta é uma das maiores contribuintes para o caixa do PT.

É bom que a CPMI do Cachoeira venha a mostrar que quando há qualquer esquema de corrupção o PT está envolvido.

Um comentário:

Anônimo disse...

Vale à pena assistir a coragem deste Patriota







http://youtu.be/eDi-IC0VZJo