sábado, 22 de janeiro de 2011

O perigo mora ao lado

"Em breve começarão a chegar vários batalhões de tanques russos para a defesa da Venezuela", declarou Chávez em um ato transmitido por emissoras de rádio e televisão.

A Venezuela de Hugo Chávez está se armando até os dentes. São aviões, tanques e outros armamentos sofisticados. Além das Forças Armadas Regulares há as milícias também armadas e organizadas em apoio a Chávez.

Isto tudo faz lembrar a Alemanha nazista de Adolf Hitler que foi aos poucos se armando e se equipando militarmente contra um inimigo imaginário, o povo judeu, e que depois utilizou todo este armamento na tentativa de destruir a democracia no mundo.

Resultado - milhões de mortos - mais de seis milhões só nos campos de concentração.

Hugo Chávez se arma sob o olhar aprovador e complacente do governo brasileiro.

Contra quem Hugo Chávez pretende usar todo o seu arsenal? Contra os Estados Unidos? Os tanques venezuelanos atravessarão toda a América Central para chegar até ao inimigo imaginário do norte?

O mais provável, é que tal como Adolf Hitler, Hugo Chávez pretenda utilizar o seu arsenal contra seus vizinhos mais próximos, a começar pela Colômbia onde já tem aliados combatentes, os narcoterroristas das FARC. 

Chávez também tem pretensões territoriais sobre a Guiana. Poderia também utilizar seu armamento para garantir ao seu aliado Boliviano uma saída para o mar tomando um pedaço do Chile.

Tal como a União Soviética de Stalin, que assinou um tratado de paz com Hitler, o Brasil está em paz com a Venezuela e nada faz para desencorajar Hugo Chávez de sua corrida armamentista, muito antes pelo contrário.

O resultado para Stalin foi milhões de compatriotas mortos antes de conseguir, com a ajuda do inverno russo, expulsar os alemães das portas de Moscou.

Muitos poderão dizer que estou delirando. Inventando coisas.

Dirão que Hugo Chávez só está se defendendo contra o imperialismo ianque. Assim como Hitler só estava se defendendo contra o imperialismo judaico.

O governo brasileiro deve aprender com a história e com um velho ditado que diz que precaução e canja de galinha não fazem mal a ninguém. 
 

2 comentários:

José de Araújo Madeiro disse...

Laguardia,

Já que o Governo Petralha e demais Afins, não demonstram a menor preocupação com o fato, a história está repleta de acontecimentos tresloucados de ditadores e expansionistas, com milhões de mortos pelo mundo.

Não esqueçamos jamais do Adolf Hitler, para que a história na repita, da Alemanha Nazista e da Eugênia, da Raça Pura.

Caso aconteça na América Latina, além de ser um irresponsável descuido, nós concebemos que é uma psicopatia alucinógena adicionada ao sofrimento físico, chamda de MASOQUISMO, do povo latino, absorvido pelos chefes militares.

Não devemos esquecer que foi o Hugo Chaves quem estimulou ao Evo Morales a invadir e anexas as Refinarias da Petrobrás e que o Lula não reagiu, mas deu-lhe mais dinheiro através do BNDS.

Os comandantes das FFAA Brasileiras devem ter essa preocupação permamente, objetivando a preservação não sòmente das nossas fronteiras, como da defesa da nação brasileira.

O Hugo Chaves pretende aparecer no mundo, tal como um Hitler. Além de obcecado pelo Poder e de ser um Louco Varrido, em busca de criar conflitos, de não aceitar e eliminar fisicamente seus opositores.

O Hugo CHaves, além de um frouxo bufão, é um Sanguinário Traiçoeiro.

É evidente que nas FFAA do Brasil, os oficiais-generais são homens conscientes, responsáveis e não são tolos de acreditarem e confiarem nas boas intenções de esquerdisdas, particularmente tendo um Hugo Chaves sob comando-militar das tropas da UNASUL.

Att. Madeiro

Marcelo Dornelas disse...

Laguardia,

se você puder me tirar uma dúvida ficaria grato.

Olavo de Carvalho defende a idéia de que quem armou os nazistas foram os russos sedendo uma parte de seu território inclusive,mas se isso fosse verdade,porque os alemães atacariam a Rússia?

Grato.