segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Eu tomo um remédio para controlar a pressão.

Cada dia que vou comprar o dito cujo, o preço aumenta.
Controlar a pressão é mole. Quero ver é controlar o preção.
Tô sofrendo de preção alto,
O médico mandou cortar o sal.
Comecei cortando o médico, já que a consulta era salgada demais.
Para piorar, acho que tô ficando meio esquizofrênico. Sério!
Não sei mais o que é real.
Principalmente, quando abro a carteira ou pego extrato no banco.
Não tem mais um Real.
Sem falar na minha esclerose precoce. Comecei a esquecer as coisas:
Sabe aquele carro? Esquece!
Aquela viagem? Esquece!
Tudo o que o barbudo presidente prometeu? Esquece!
Podem dizer que sou hipocondríaco, mas acho que tô igual ao meu time:
- nas últimas.
Bem, e o que dizer do carioca? Já nem liga mais pra bala perdida...
Entra por um ouvido e sai pelo outro.

Faz diferença...
"A diferença entre o Brasil e a República Checa é que
a República Checa tem o governo em Praga
e o Brasil tem essa praga no governo"

Luiz Fernando Verissimo 


Fonte: UOL


OBS: Dois leitores duvidaram que o texto tenha sido de autoria de Luiz Fernado Verissimo. Não sei - Eu não havia, como é meu costume, colocar a fonte de onde o texto foi extraído - Agora a fonte está aí - foi do UOL. Em todo o caso a mensagem vale mesmo que o autor seja apócrifo.

Há outros sites com o mesmo texto: 
Folha do Estado do Rio de Janeiro
Consultoria do Humor 2, 
Fotolog
Plural


 

8 comentários:

fátima disse...

Atenção!
L.F. Verissimo jamais escrevei tal texto.
Até porque ele fez campanha aberta para Dilma e Tarso Genro!
Basta fazer uma leitura de seuys artigos, até mesmo na infame Zero Hora!
Fátima Avila

fátima avila disse...

L.F. Verissimo jamais escreveu tal texto.
Até porque ele fez campanha aberta para Dilma e Tarso Genro!
Basta fazer uma leitura de seus artigos, até mesmo na infame Zero Hora!
Fátima Avila

Ricardo Froes disse...

Isso nunca foi Verissimo. Esse mentecapto jamais reclamaria (como jamais reclamou) do governo do Lula.

Poderia haver uma remotíssima possibilidade do texto ter sido escrito no governo de FHC, por quem ele nutre um ódio incontrolável, mas, como o texto fala em barbudo e,nem sequer o estilo é dele, eu a descarto totalmente.

Uma anta paraplégica como Veríssimo jamais iria ferir seus "ideais" hipócritas.

E pensar que esse bosta n'água é meu primo... Longe, mas é.

Ricardo Froes disse...

Claro que vale, apócrifo ou não.

Nem tudo é para todos disse...

Se tivesse sido Lfv, teria ao menos assinado LUIS com S, e não com Z. Mas que o texto é bem humorado, isso é.

José H. P. Resende disse...

Chamar o Veríssimo de mentecapto é incrível... Um escritor consagrado... Fico impressionado como existem pessoas limitadas escrevendo qq coisa por aí... Afinal, democracia é isso... E o papel aceita tudo...

aviator44 disse...

Em 18/10/2015, encontrei este link que explica http://www.rosangelaliberti.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4786925 não ser do Veríssimo o texto.

Fernando Lopes de Almeida Soares disse...

*

Subnutrido povo
tupiniquim, que o regime
não presta, Veríssimo?

- FLASh

http://brasillivreedemocrata.blogspot.com.br/2011/01/eu-tomo-um-remedio-para-controlar.html?m=1

*

"Arte & engenho" rouba
quem vídeo, texto ou imagem
distribui sem créditos?

- FLASh

*

Toda e qualquer novidade interessante deve ser honestamente reencaminhada aos amigos com um link certificando a origem e créditos de autoria, certo?

Respeito é bom e a historiadora inteligência alheia agradece, uai?

Bastando selecionar inteira ou o início de qualquer mensagem e colar no buscador Google, não é que ele localiza a procedência das "mulas sem cabeça", ora?

São também identificáveis sons, vídeos e imagens, sabiam?

Tanto quem traduziu como quem adaptou foram desleais - tal como abaixo linkado - para com a grandeza moral do severo mestre de artes marciais enfeixando uma lição com sutil toque de humor, quiçá, como segue?

"Você almeja vencer nas lutas, mas fica aí se desmunhecando com essas lindinhas baboseiras e não treina?"

Portanto, quem cobra dos remetentes a identificação de um "frango depenado", antes de passá-lo adiante, além do mais combate à safada falta de respeito - mesmo numa criativamente simples piada - aos suados "arte & engenho" (exaltados por Camões) dos artísticos autores, confere?

- FLASh

http://padilhaverde.blogspot.com.br/2016/12/sabedoria-do-mestre.html?m=1

*

A propósito,

Até falso alarme
otário robô repassa
das "fontes confiáveis"?

- FLASh

http://www.boatos.org/brasil/desligue-celular-golpe-falso-sequestro.html

http://www.boatos.org/brasil/holocausto-economico-brasileiro.html

*

Fernando Lopes de Almeida Soares
(FLASh) IFP/RJ 2477412
Rua Joanésia, 316 ap 301 Serra
30240-030 Belo Horizonte, MG
poetafernandosoares@gmail.com
facebook.com/cronipoeta
cronipoesias.blogspot.com
twitter.com/wiflashes
WhatsApp etc 319 9882 5505 Oi?

.