sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Ditadura por Concentimento


Vivemos hoje no Brasil uma ditadura por concentimento. Isto é temos concentido e aprovado através do voto popular um regime ditatorial que não respeita as leis e a constituição que deveriam garantir ao povo brasileiro um Estado Democrático de Direito.

Nossos governantes agem ao seu bel prazer. As leis e a Constituição servem apenas para eliminar seus opositores. Por terem sido eleitodas se sentem como donos de um mandato divino para fazer do Brasil o que bem entenderem sem ter que dar satisfações a ninguém.

Mesmo depois de legalmente deixarem o poder, continuam usufruindo de suas beneses como se nada tivesse acontecido.

Tal e qual no regime militar, o governante atual escolhe o seu sucessor e continua tudo na mesma. 

Os parentes e amigos são beneficiados com contratos sem licitação ou com licitação fraudulenta do governo ou de empresas estatais, emite-se passaporte diplomático para filhos, netos e parentes, sem falar em férias pagas pelo contribuinte em instalações militares.

Abrimos mão de nossa liberdade e de viver em um regime democrático para, voluntariamente, nos sujeitarmos a uma ditadora familiar.

A oposição inexiste no Brasil, e o povo, pacífico, não protesta, não demonstra sua indignação.

Até quando suportaremos esta situação indigna? 

2 comentários:

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

LAGUARDIA,e o faço mnhas tds as palavras que o post contem. Abrçs. Roy Lacerda.

Fusca disse...

Essa é a verdade: a própria "reeleição" do Lula já foi fraudada, assim como a do poste. Nossas urnas, ao contrário da propaganda oficial, são as mais antigas e vulneráveis urnas eletrônicas do mundo, proibidas até na corrupta Rússia. Assim como as pesquisas encomendadas, os resultados encomendados pelo governo nas urnas são extremamente manipulados, não havendo cópia ou voto impresso para recontagem. Já estamos numa ditadura das mais sórdidas e sutis.