quinta-feira, 7 de julho de 2011

Segundo Acessores do Ministério dos Transportes Dilma também se beneficiou do esquema de corrupção

A queda de Alfredo Nascimento pode não significar o encerramento da crise instalada no setor de Transportes. Luiz Antonio Pagot, um dos pivôs do episódio, procurou senadores do PR para dizer que parte dos aditivos a obras foi feita para alavancar a candidatura presidencial de Dilma Rousseff, em 2010. Fonte: Blog do Josias de Souza
A presidente também deve ser investigada neste caso. Ela, assim como Luiz Inácio Lula da Silva não estão acima da lei como pensam.

Já é o segundo indício de que Dilma Rousseff tem sido beneficiada em esquemas de corrupção montados no governo pelo PT.

O primeiro foi no caso de Erenice Guerra, quando pediram a um "cliente" uma taxa de sucesso no valor de cinco milhões de reais para financiar a campanha eleitoral da atual presidente.

O segundo é este do Ministério dos Transporte que reconhece que as propinas recebidas parcialmente foram destinadas a financiar a campanha de Dilma Rousseff.

O povo brasileiro deve exigir transparência nestas investigações, e que os culpados, inclusive a presidente, sejam exemplarmente punidos, não só com a perda de mandato, mas também com penas de reclusão e de ter de devolver ao povo brasileiro os recursos desviados para suas contas particulares.

Ou o Brasil acaba com o PT ou o PT acaba com o Brasil!

Um comentário:

Blog do Beto disse...

OLÁ LAGUARDIA.

SINTO VERGONHA EM SER BRASILEIRO,

ABS DO BETOCRITICA.